terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Impenetrável

Você quer ser impenetrável, mas bem sabe que impenetrável ninguém é.
Você não quer ser, quer parecer ser, mas me faz crer.
Eu vejo em você o espírito adormecer, afogado nos pensamentos pálidos do século.
Vejo desaparecer tudo aquilo que me fazia querer do teu lado ser.


Estamos avulsos.
Estamos de lado.

E o tempo te levou.

Um comentário:

Andy Banda Unknown disse...

Oi Juuu!!!! Tudo bem por aqui!!! e contigo??? como vão as férias???
Adorei seu blog tb!!!!!
mto mto bacana!!!
beijãooo
;**